Short Squeeze - por Leonardo Miyashiro


Em um fórum chamado Wallstreetbets, do Reditt, com cerca de 5 milhões de inscritos, houve uma movimentação por parte dos pequenos investidores pessoas físicas para especular e comprar em peso as ações da empresa GameStop.

Então, iniciou a bola de neve, conforme as posições foram montadas pelos pequenos investidores e a ação foi valorizando, diversos big players como os fundos de hedge, os quais geralmente operam vendidos (short), foram quase que obrigados a realizar o prejuízo de suas operações e, consequentemente, a ação valorizou-se cada vez mais devido a recompra dos fundos.

Para exemplificar, vamos citar o fundo de hedge da Melvin Capital que era um desse big players que operavam “short” durante a manobra feita por tais investidores. Em janeiro de 2021, o fundo teve um prejuízo em torno de 53% em seus investimentos e, apesar de negar que foi um resgate, o fundo recebeu um aporte de U$2,75 milhões no mesmo mês.

Nós nomeamos aquela gigantesca bola de neve de Short Squeeze.


O que é Short Squeeze?

Movimento imprevisto de forte alta do preço de um ativo, causado pelo fechamento de posições (recompra de ações) de investidores vendidos que em muitos casos são os investidores institucionais do mercado.


Motivos para que aconteça um Short Squeeze

→ Elevação inesperada do preço do ativo e solicitação de devolução de quem aluga

→ Desinteresse em continuar na operação por parte dos investidores que alugam

→ O aluguel apresenta uma taxa muito elevada

→ Aproximação do limite de free float (20% no Brasil)


Há como prever um Short Squeeze?

Prever em si, não. Mas o mercado por meio de métricas indica alguns sinais de um possível Short Squeeze. Quanto maior forem essas métricas, maior será a chance de acontecer. Essas métricas são:


→ Proporção de ações alugadas e ações que estão disponíveis no mercado

→ Proporção entre ações alugadas e o volume de operações que vem sendo realizado com o ativo

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo